Certificação disponível para todos

A Certificação Florestal requer um balanço delicado. Os requisitos devem ser rigorosos o suficiente para garantir a gestão sustentável da floresta e simultaneamente ser uma evidência aos consumidores que os produtos certificados são produzidos de acordo com os critérios de Sustentabilidade PEFC.

Uma Certificação acessível

Com o propósito de diminuir os custos associados à certificação, o PEFC desenvolveu ferramentas para capacitar os vários agentes do setor a obterem a Certificação assegurando que os Critérios Pan-europeus para a Gestão Florestal Sustentável fossem preservados.

Alcançando os pequenos proprietários florestais

Existem milhares de proprietários florestais em Portugal que detêm pequenas áreas florestais (algumas que não chegam a atingir 1 hectare) e não dispõem de condições para suportar os custos associados à certificação individual. 

O PEFC promove o aumento da área certificada junto desses proprietários florestais que detêm, no seu conjunto, mais de 94% da área florestal em Portugal por certificar.

A certificação pode ser um processo moroso e dispendioso na sua implementação e manutenção representando algumas condicionantes que, a princípio, fizeram da Certificação um processo inacessível ao pequeno proprietário florestal.

Certificação de Grupo

Porém, o PEFC desenvolveu o conceito de Certificação de Grupo que permite aos proprietários florestais se agruparem e dividirem os custos da certificação, elegendo um gestor do grupo que será o responsável, por delegação de competências, pela implementação do sistema de gestão florestal do grupo.

Certificação Regional

Para além da ferramenta da Certificação de Grupo, o PEFC desenvolveu e difundiu o conceito de Certificação Regional como meio para os proprietários e gestores florestais poderem obter a certificação no âmbito de um sistema de gestão para uma área identificada como "Região", e não como entidades individuais. 

Video 3:55

Testemunho - José Francisco Silva

O testemunho de um produtor de mel na adesão ao Certificado Regional PEFC da Associação para a Certificação Florestal do Baixo Vouga.

A área florestal portuguesa e a Certificação Individual

Para grandes e médias empresas que gerem grandes áreas de floresta, com receitas e recursos suficientes para suportar os custos da Certificação, a certificação individual é uma alternativa viável para demonstrarem a suas práticas de gestão sustentável.

O PEFC promove o aumento da área certificada junto dos proprietários florestais que detêm, no seu conjunto, mais de 94% da área florestal em Portugal por certificar.

De facto, a maioria da área certificada em Portugal (cerca de 9% da floresta Portuguesa) é representativa das áreas florestais das empresas de celulose que detêm as áreas florestais privadas de maiores dimensões, representando 97,4% do total da área florestal nacional certificada.

A Certificação Individual ocorre quando um proprietário florestal ou empresa procura obter a certificação da área florestal que possui ou gere. 

A certificação individual é indicada para unidades de gestão de grandes dimensões - por exemplo, uma propriedade privada única que congregue um número significativo de áreas florestais. No entanto, está disponível para qualquer tipo ou dimensão de floresta.

Newsletter

Subscreva à nossa newsletter